domingo, 15 de fevereiro de 2009

Gosto de ti



Gosto quando me tocas trazendo nas mãos a leveza das asas das libélulas, fazendo o meu peito arfar com suspiros e gemidos de deleite.
Gosto quando me olhas com olhos de quem quer me engolir, trazendo nos olhos o jeito safado do olhar dos malandros quando querem se fazer notar.
Gosto quando falas ao meu ouvido palavras depravadas traduzindo entre gemidos e sussurros o prazer de me ter por completo.
Gosto quando matas a minha fome de ti e me levas a passear pelos lugares encantados dos sonhos.
Gosto de ti.

3 comentários:

Márcia Corrêa disse...

Menina, deu até um calor! Que bênção esse amor eim? Bjs!

Márcia Corrêa disse...

Manda um banner virtual do show para publicar no site do papi e no Papel de Seda. Bjs!

Lulih Rojanski disse...

Oi, Ara... que bom vir por aqui nesta manhã de segunda-feira e encontrar algo tão apaixonado... Um beijão pra ti.