terça-feira, 23 de abril de 2019

Felicidade: plenitude e paz interior





Nada mais gratificante do que podermos olhar para os lados e constatar que estamos vivendo um momento de extrema felicidade, um momento de total plenitude, satisfação e paz interior. Que bom poder fechar os olhos antes de dormir e perceber que estamos bem, sem inquietações, tristezas ou problemas.

Eu estou vivendo um momento assim, feliz, tranquila.

Minha carreira alcançou a maturidade, acreditem, houve um tempo em que sentava para escrever e minha cabeça ficava completamente vazia e não conseguia iniciar uma matéria, mesmo que estivesse usando as regrinhas básicas do jornalismo, eu empacava.

Hoje sento em frente ao computador e separo o que tenho para escrever por assunto, sou capaz de passar o dia inteiro escrevendo sem esgotar a minha fonte e, fazer isso, me deixa alegre, com vontade de sair cantando e dando pulinhos.

Vivo um momento feliz também com a minha casa, eu acredito que casa tem alma e a minha tem uma alma tão boa que as pessoas que me visitam se sentem bem e ficam por mais tempo do que tinham programado.

Houve uma época em que fiquei de mal com a alma da minha casa e desejei mudar de lugar, de cidade, de país, mas atualmente fizemos as pazes e estamos feliz uma com a outra, acredito que não voltaremos a brigar.

Lembro de um tempo em que vivia séria e preocupada, acreditava que ter um bom emprego, uma boa casa, roupas da moda, carro de luxo, conta recheada e joias era o bastante para ser feliz, como me enganei. Vivia afogada em trabalho, metas à cumprir e completamente insatisfeita.

O tempo passou e eu apanhei muito da vida, apanhei até o momento em que percebi que, para ser feliz precisava de bem pouco, porque a felicidade que eu buscava não é aquela de um momento rápido em que ela passa e não se fixa, eu queria a felicidade perene, aquela que mora na casa da gente e quase nunca se afasta.

Não tenho mais carro, minhas roupas eu mesma faço ou compro em lojas populares, joias tenho bem poucas e todas antigas e de prata, nada de ouro, meus móveis são comuns e, o engraçado de tudo é que estou feliz com o que tenho, pouca coisa me faz falta.

Quando olho para trás e lembro do tempo em que era engraçado não ter dinheiro e fazer vaquinha pra pagar a conta da lanchonete ou catar moedas para comprar o lanche, eu lembro também de quanto era gostoso e fácil soltar gargalhadas.

Tem uma lembrança que guardo tatuada na alma, eu e o meu amigo Luiz, morávamos no projeto Jari, em Monte Dourado, éramos adolescentes e tudo era festa, saímos da casa de uma amiga e começou a chover, eu comecei a cantar e o Luiz me abraçou, dançamos na chuva, rodopiamos soltando gargalhadas.

Por um bom tempo esqueci as lembranças da adolescência e me dediquei a ser infeliz, fechada, séria, afastando de mim as pessoas que amava e por quem era amada, ainda bem que acordei e esse tempo ficou lá atrás.

Nós nascemos muito felizes. Crescemos naquilo que pode ser a expressão mais tangível da felicidade possível, mas aos poucos vamos trocando isso por outros valores, como sucesso profissional, financeiro, conquistar o homem ou a mulher dos sonhos e várias outras coisas que acreditamos serem necessárias para a nossa felicidade.

A felicidade está conosco o tempo todo, ao alcance das nossas mãos, basta esticar o braço para alcança-la. Eu estiquei o braço, abri a mão e quando toquei a felicidade trouxe para plantar no meu coração, todos os dias eu rego com gargalhadas, carinhos e afeto dos meus filhos. Espero que ela cresça cada vez mais e se transforme em uma bela árvore cheia de frutos e que alimente com felicidade outras almas.


sábado, 20 de abril de 2019



A essência do amor
  
Quando envelhecemos e nos acomodamos o amor vira rotina, cria raízes e, de certa maneira, passamos a conviver com a pessoa que amamos como se ela fosse um apêndice seu, uma continuação, e aquelas sensações que você sentia e que te fizeram separar aquela pessoa especial de milhares de outras no mundo, adormecem.

Mas esse sentimento, se realmente é amor, pode ser retomado, pode reviver e vir a tona com toda a força que tinha lá no princípio. O bom do amor é quando conseguimos nos apaixonar novamente pela mesma pessoa todos os dias e quando conseguimos despertar a paixão na pessoa que amamos.

Para isso tudo vale a pena, emagrecer, cortar os cabelos ou deixá-los crescer, dividir pequenas coisas como a xícara de café nas primeiras horas do dia, usar o perfume que o teu amor gosta ou comprar um presente sem uma data especial, surpreender sempre.

Eu fiz tudo isso, atravessei um vale de sobras que me fez entender que o amor é um sentimento tão nobre e puro que você é capaz de abrir mão e sofrer para ver quem você ama feliz.  O amor não cobra, o amor não julga, o amor não atira pedras, o amor é simplesmente o amor.

Sem amarras, sem prisões, sem cobranças...

Amor mesmo, amor de verdade, é aquele em nos atiramos de cabeça, não vemos os defeitos, só as qualidades. É simples como o desabrochar de uma rosa, sabemos que vai acontecer, esperamos que aconteça, mas tem o tempo certo, e quando esse tempo chega, quando finalmente acontece, espalha pelo ar o aroma, enche o peito de felicidade, nos faz dar gargalhadas de piadas sem graça.

Quando amamos, quando amamos pra valer, não pedimos retorno, não queremos a troca, simplesmente amamos e a pessoa a quem dedicamos esse amor será sempre a melhor de todas, a mais bela, a mais inteligente, a mais suave, a musa, a insubstituível e quando isso não acontece, quando não é assim é porque esse amor já não vale a pena...

Com o amor de verdade não fazemos tipos, não criamos personagens, mostramos a cara, mostramos como realmente somos, porque com o amor de verdade nos sentimos a vontade e não temos medo.

O amor verdadeiro, aquele em que nos atiramos sem reservas, dispensa tudo, maquiagem, pernas depiladas, barba bem feita, porque o amor de verdade está na essência do ser e não no que ele pode ser para se mostrar pra você.

Amor de verdade, aquele que nos tira o fôlego, dispensa tudo, até a limpeza do corpo, porque o melhor cheiro, o melhor perfume é aquele que exala do corpo que amamos, comer, quando amamos, perde a importância, porque o alimento para o corpo, para a alma, é o amor que sentimos e que dedicamos.

Amor verdadeiro, pra valer, dispensa convenções, beleza, esta acima de tudo e de todos, dinheiro pra quê se tudo que queremos e que desejamos se encerra na simples frase "eu também te amo".

O amor de verdade é aquele em que por amar, por querer ver feliz a quem amamos, deixamos partir, abrimos mão e ficamos com o sentir.

Porque amor, amor mesmo pra valer é aquele em que temos a capacidade de enxergar além do ser que amamos e a nossa felicidade está em vê-lo feliz.





terça-feira, 17 de maio de 2016

Altar da Lua Crescente

Altar da Lua Crescente

Altar da Lua Crescente

Altar da Lua Crescente
Pra você meu melhor amigo

Xiii!
A coisa tá feia né? Será que essa lambança toda que você fez tem conserto?
Não vou te enganar, vai ser difícil, muito difícil, mas sei que você é uma pessoa forte, um homem de coragem e fé, sendo assim me disponho a te ajudar, ainda não sei como, talvez te guiando por um caminho que te ofereça refrigério.

A má noticia é que muitos acreditam que um coração partido não tem conserto, a boa noticia é que tem conserto sim. Eu sou a prova de que tudo tem conserto na vida, olha só, fiquei com o coração dilacerado quando o Luciano partiu, mas com a minha coragem e a minha força, me reergui, depois foi a partida do Kayke, nossa!!! A dor foi dilacerante, a minha alma se partiu em duas, mas eu olhava Ariel, tão pequena, tão dependente de mim, então resgatei as minhas forças e me reergui de novo.

A minha vida parecia finalmente ter entrado em um período de calmaria, só que não, um pouco mais de sofrimento estava vindo a galope, ai enfrentei uma separação dolorosa, não dolorosa porque um dos lados se apaixonou, dolorosa porque tive que enfrentar a dor de ter sido roubada no que tinha de mais puro em mim, a certeza de estar do lado de uma pessoa leal, que poderia me tirar tudo, menos a certeza de ser correto, honesto e perfeito, mas isso também me foi tirado e descobri que o meu “deus” tinha pés de barro, enfrentei a fúria de uma mulher que tinha como meta me destruir e olha, ela chegou bem perto de conseguir isso, mas eu sou uma guerreira amazona, não caio com facilidade e acredito que colhemos exatamente o que plantamos, então decidi que a melhor maneira de me reergue era oferecendo rosas perfumadas em forma de oração para fazer frente ao ódio que me era dedicado.

Aprendi com a minha mãe, a D. Vanda, lembra dela? Que Deus é perfeito, se ele permite o sofrimento é porque está nos livrando de algo mais doloroso no futuro e mesmo quando a mamãe partiu e levou com ela a sabedoria dos seus ensinamentos eu continuei caminhando e sendo exatamente o que sou.

Eu sei que as vezes sou desconexa e faço discursos que só eu entendo, mas sei que  “VOCÊ” entende, assim como eu entendo de verdade o jeito com que você move os olhos pedindo ajuda, então o que posso oferecer é abrigo. Interessa?

Vou ser clara porque o meu discurso tá ficando chato, corações partidos são reparados com o tempo. Lembra da expressão  “dar murro em ponta de faca”, você está fazendo isso, está destruído suas mãos tentando resgatar um relacionamento que já faliu a muito tempo, faça como eu e siga em frente.

Garanto a você que uma hora vai descobrir que estava perdido no meio da dor, mas que finalmente viu uma pequena fresta de esperança. Vai me contar que não conseguiu ver na escuridão, e estava perdido sem saber que rumo seguir, que continua não sabendo, mas a diferença e que agora quer seguir avante, que as tuas coordenadas mudaram e que agora tua bussola aponta outro destino.


E então? Vai seguir em frente? Vê se cria coragem e me mostra o homem que sempre foi me enche de orgulho e muda a rota do teu destino, eu estou na frente da tua torcida e um dia vou contar a tua historia pra um monte de gente que vai aplaudir de pé.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014


Entendendo Provérbios

Porque ainda erramos? Porque ainda insistimos a não dar ouvidos ao que está tão nítido?
Na minha oração da tarde de ontem resolvi abrir a Bíblia e implorei a Deus que, através dela, falasse comigo. Fechei os olhos, abri a Bíblia e deixei os dedos correrem a esmo.
E Deus falou, no seu amor por mim me mostrou Provérbios 31, li do inicio ao fim, reli, analisei. Na minha volta da igreja tornei a ler e hoje finalmente entendi.
Deus te dá o caminho, seguir por ele ou não é uma decisão sua, para isso existe o livre arbítrio. O capitulo 31 do livro de Provérbio versa sobre as palavras da mãe do rei Lamuel, ela é clara quando diz:

"Que tens, amado filho meu? Filho de minhas entranhas, resposta às minhas. Não entregues a tua força às mulheres, nem o teu vigor aos que corrompem os que governam. Escutai, Lemuel! Não é prudente que os reis bebam muito vinho, tampouco aqueles que têm a responsabilidade de governar se entreguem também às outras formas de embriaguez; Porquanto quando não estão sóbrios se esquecem do bom siso e das leis, e não são solidários aos direitos dos fracos e dos pobres. Dá licor ao moribundo, e vinho aos amargurados; Bebam e esqueçam-se da miséria, e não se lembrem de suas aflições. Abre a tua boca em favor dos que não podem se defender; sê o protetor dos direitos de todos os desamparados! Ergue a tua voz e julga com justiça, defende o pobre e o indigente.”

Claro como o sopro da primeira brisa da manhã. Claro como os raios do sol rasgando as nuvens. Mas nós escutamos? Você seria capaz de dizer quem te ama mais que a própria vida? Para quem é mãe a resposta vem muito fácil, o amor pelos filhos é um amor que só é suplantado pelo amor que dedicamos a Deus, é um amor que está alem do entendimento humano.

A mãe de Lemuel foi além, mostrou ao filho o erro e apontou a solução:

"Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor em muito ultrapassa os das mais finas jóias! O seu marido tem plena confiança nela, e a miséria jamais chegará à sua casa. Essa esposa exemplar faz ao seu marido sempre o bem e nunca o mal. Escolhe a lã e o linho e com alegria trabalha com as próprias mãos. Como os navios mercantes, ela traz de longe as provisões para seu lar. Antes do romper da aurora, ela se levanta a fim de preparar a comida para todos os de casa e dar ordens às suas colaboradoras. Ela sabe avaliar a conveniência de um campo agricultável e o compra com o seu salário; planta nessas terras sua própria vinha. Dedica-se com prazer a seu trabalho; seus braços são fortes e vigorosos. Administra com sabedoria, e seus negócios produzem lucros; mesmo tarde da noite sua lâmpada não se apaga. Com talento e delicadeza prepara os fios de lã e de linho para tecer as roupas da família. Coopera com os pobres e necessitados. Quando chega o inverno rigoroso, ela não se preocupa, pois todos em sua casa têm agasalhos para vestir. Tece cobertas para sua cama e tem condições para se vestir de linho e púrpura.Nas assembleias à porta da cidade, onde seu marido toma assento entre as autoridades de sua terra, ele é respeitado. Ela produz roupas de linho e as vende, fornece também cintos de couro aos comerciantes. Sua melhor roupa consiste de força e dignidade; é otimista em relação ao futuro! Abre a boca com sabedoria, e sua língua sabe ensinar com bondade e paciência. Acompanha seus servos e cuida dos negócios de sua casa sem dar lugar à preguiça. Seus filhos fazem questão de elogiá-la e seu marido proclama suas virtudes. “Muitas mulheres são notáveis, tu, porém, a todas sobrepujas!” A beleza é uma ilusão, e a formosura é passageira; contudo, a mulher que teme a Yahweh, o SENHOR, essa será honrada! Seja essa mulher virtuosa recompensada por seus merecimentos, e suas boas obras, proclamadas à porta da cidade!"

Você pode estar se perguntando porque estou escrevendo isso já que, na Bíblia, a palavra parece ser dirigida aos homens. No meu entendimento a palavra é dirigida para homens e mulheres, para jovens e adultos, todos nós temos mães e todos nós recebemos conselho e, quem ainda não é mãe será um dia e também dará conselhos para ajudar os filhos na condução de suas vidas.

Ser uma mulher virtuosa como a Bíblia sugere e nossos pais desejam não é tão difícil, basta que sejamos corretas e tenhamos caráter. Basta que tenhamos pudor com nosso corpo e nossa alma, basta que sigamos o mandamento de Deus, "ama teu próximo como a ti mesmo", quem ama tem caráter e vai sempre desejar  andar no caminho do bem.

Embora eu tenha errado no meu inicio vou tentar mudar e ser o que meus pais sonharam e a palavra de Deus prega, desejo ser a mulher virtuosa e vou ensinar Miguel Bejamim e Anna Ariel no caminho que Deus nos ensina diariamente.

Portanto sejamos todos nós, homens e mulheres, sábios. Sábios na condução dos caminhos dos nossos filhos, sábios no escutar os conselhos de nossos pais e sábios a seguir pelo caminho que o nosso manual diário de vida ensina, a BÍBLIA.

A paz.

Fechando velhas feridas, retirando odores e sabores, um minuto mais para o renascimento. Quando o coração da poeta sofre a caneta perde a tinta...

Um Dia, Um Adeus

Só você prá dar
A minha vida direção
O tom, a cor
Me fez voltar a ver a luz
Estrela no deserto a me guiar
Farol no mar, da incerteza...

Um dia um adeus
Quanta loucura
Por tão pouca aventura...

Ah! que bom seria
Se eu pudesse te abraçar
Beijar, sentir
Como a primeira vez
Te dar o carinho
Que você merece ter
E eu sei te amar
Como ninguém mais...

Ninguém mais
Como ninguém
Jamais te amou
Ninguém jamais te amou
Te amou...

Ninguém mais
Como ninguém
Jamais te amou
Ninguém jamais te amou
Como eu, como eu

segunda-feira, 14 de julho de 2014






A música me alcançou enquanto meus pés afundavam na areia gelada da praia deserta. O vento forte fustigando meu corpo. A chuva molhando meu rosto.

A suavidade da voz de Tarja Turunen cantando Vorterix me guiou ate a cabana escondida no meio da vegetação. A porta aberta deixava ver teu corpo recortado pela luz, era "VOCÊ".

Olhei teu rosto, os olhos iluminados pela chama das velas espalhadas pela sala, a calça jeans apertada me fazendo imaginar os músculos perfeitos das pernas, a camisa branca de linho aberta mostrando pequenos detalhes do peito.

Você abriu os braços em um convite mudo e eu me atirei de encontro ao teu corpo que me recebeu com familiaridade como se aquele sempre tivesse sido o meu lugar.

Me embriaguei com o cheiro almiscarado da tua pele, me deleitei com a suavidade do teu toque, me encantei com a delicadeza que fui recebida.
 
Tua boca sugou a minha boca saciando o desejo tanto tempo represado, encontrou o lóbulo da minha orelha e desceu pelo pescoço deixando o caminho percorrido em fogo vivo. A mão vagarosamente subiu pelo meu dorso alcançando o vale entre meus seios.

Delicadamente desfez o laço do vestido e liberou o mamilo intumescido pela necessidade de satisfação, os dedos brincaram com a pele de seda pura e enquanto a boca descia em direção a eles te ouvi sussurrar "te quero, agora".

Fui alçada pelos teus braços e levada até a cama de dossel alto e lençóis brancos. Colada ao teu corpo senti a intumescência da tua masculinidade, minha flor pronta pra ti, meu corpo se tremeu com o impacto do prazer em te receber.

"Vê meu amor, somos uno, nossas almas se uniram no tempo e espaço e agora nossos corpos confirmam nossa união".

Fui transportada, saciada, cada célula do meu corpo se entregou ao teu. Dancei na cadência do nosso prazer e me derramei gritando o teu nome.

Minha alma deixou o corpo enquanto a urgência te arrancava gritos de prazer. Como náufrago agarrado um ao outro deixamos a tensão ser liberada. Com os olhos fechados roubei a frase do poema e murmurei ao teu ouvido "sou tua, sou tão desesperadamente tua que não me pertenço mais".

Pra você.

Macapá, 11 de julho de 2014.

segunda-feira, 7 de julho de 2014


Uma das melhores coisas da vida é ter a liberdade de expressar o que sinto. Minha caneta mágica, aquela que uso em momentos especiais, andou passeando pela inspiração de Willian Cardoso, e o9lha só o que trouxe de volta, "INSPIRAÇÃO", ele meu menestrel eu a sua rainha inca.

Adoraria saborear contigo a beleza da tua alma iluminada que exibes com tanta doçura em teus belos poemas. Vem comigo e juntos vamos passear em teu mundo encantado de poesia.
Quero agora o deleite dos teus versos, saborear a tua alma.
serás meu menestrel da madrugada que encantará meus sonhos, caminharei contigo no mundo encantado das fadas onde só nós dois existiremos.
Serei a maestrina dos teus sonhos e tu o menestrel das minhas madrugadas, juntos cavalgaremos no mundo encantado de Morfeu e de lá traremos a porção secreta da realização dos sonhos.
Que o labirinto das emoções seja para nós tão perfeito quanto o de Dédalo usarei a mágica dos olhos de Ísis para trazer os ventos encantados da natureza e com minhas lágrimas encherei os rios até que percebas que te quero no aconchego do meu colo. A pureza do verso da maestrina te procurará e te encontrará no lugar mais improvável, no momento mais impossível e nesse dia conhecerá a graça da maestrina que regerá as cordas do teu coração

terça-feira, 27 de maio de 2014


Pra você Anna Macedo, amor maior que eu

Escrever o que sinto sempre foi uma forma de desabafo, e você, minha Anna, sempre esteve ao meu lao nesses momentos, quando bebe no meu seio, depois de alguns anos se escondendo debaixo da mesa para chamar a atenção, e agora que és uma mulher enxugando minhas lagrimas.

Hoje estou te dando um presente filhotinha, vou escrever sim mas para dividir com todos e, principalmente com você, a minha felicidade. A minha vontade de trabalhar, mas trabalhar de verdade, voltou, veio a tona quando "VOCÊ" me falou que estava pronta e que confiava em mim.

São 09 dias de trabalho, nove dias filha, e olha o que conquistamo, o estúdio de som do Jorge para gravar o CD promocional, o Sérgio Silva para gravar o clip de lançamento da tua musica de trabalho, o João Batera para fazer a direção musical show, o Rogerinho para fazer a direção de gravação, a Edgleuma Ramos para produzir a parte de maquiagem, o apoio do Regiclaudo e da Maricy, uma pagina no face que atingiu mais de 400 curtidas em dois dias.

Não tenho duvidas, minha bela, que o teu show ficará na historia do Amapá, sabe porque? Eu tenho nas mãos um "SUCESSO", um talento como poucos. Você não precisou de estudos, não precisou de alguém do teu lado te dizendo, a nota certa, o acorde certo é este, a maneira correta de cantar, você nasceu "APRENDIDA".

Produzir a tua carreira foi um sonho acalentado durante muito tempo, primeiro sonhei junto, depois só, depois junto, depois só e agora junto com você. A tua decisão me fez renascer filhotinha, mais que isso, a tua decisão me faz ter a certeza que será através de você que teremos os nossos sonhos restaurados. Sabe o carro? A casa reformada? As viagens que fazíamos? Pois então, estão novamente ao alcance de nossas mãos.

Deus permitiu que acontecesse para sermos forjadas, mulheres Macedo filha, o exemplo de coragem e força. 

Sucesso, aqui vamos nós, agosto será o nosso mês!!!