sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Crescente


Saindo da lua nova preparo corpo e mente para o meu ritual crescente. Chegou o tempo da renovação, do aprimoramento, do renascimento. Sou o campo não semeado, a pagina em branco, minha alma se liberta, corre livre pelas pradarias do meu corpo e mente, a ninguém pertenço, sou livre e sinto todo o poder de Nimuel.
Abro meu terceiro olho e por ele enxergo que este é o “tempo do início, a semeadura da criação, o despertar após o sono. Agora, a lua emerge do escuro; aquela que dá a luz retorna da morte. A maré muda; tudo é transformado. Esta noite sou tocada pela donzela .Ela muda tudo aquilo em que toca; que ela me abra para as transformações e o crescimento”.
Abençoada seja, criatura da terra, semente lunar da mudança, inicio resplandecente de um novo circulo de tempo. Poder para começar, poder para crescer, poder para renovar estejam em mim. Plantarei com a lua meu desejo.
Abençoada seja.

Nenhum comentário: