sábado, 20 de outubro de 2012







Da janela do pequeno apartamento consigo ver as nuvens pesadas da chuva que se aproxima, o frio aqui é intenso e parece que vem de dentro da minha alma.
Hoje amanheci triste, a saudade assola meu peito, meus filhotinhos estão distantes de mim, ontem falei com Benjamim e ele me perguntou “mãe onde tu tá, porque não tá aqui cuidando de mim?” ele sente a minha falta e eu sinto a falta deles como se um pedaço de mim estivesse faltando.
Pergunto a Deus, Senhor meu, meu Pai, porque tantas perdas? porque tenho que atravessar esse vale de sofrimento que não consigo entender e aceitar? Acredito na lei de causa e efeito, fiz alguma coisa que provocou tudo isso, só não sei o que foi.
Mas creio e acredito, tenho fé que tudo vai passar, que vou voltar para os braços dos meus filhinhos, e brincaremos, eu quero dar a eles tudo o que não dei, o carinho, o afeto, o amor que sinto necessidade de dar e receber dos dois.
Senhor, me ajuda a voltar logo pra casa, me ajuda a trazer a alegria de volta ao meu peito, preciso de Ti, Pai amado, não me abandona, eu espero e creio em Ti meu Pai.

Nenhum comentário: