quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Conversa da madrugada

Willian  Cardoso e Araciara Macedo




Queres que divida contigo os meus textos? Tenho certeza que irias adorar meu bem..!!mais do que possas imaginar...os textos entrariam em teu coração como uma flexa de um cupido e não adiantaria pedir pra tirar...
Adoraria saborear contigo a beleza da tua alma iluminada que exibes com tanta doçura em teus belos poemas. Vem comigo e juntos vamos passear em teu mundo encantado de poesia.
Temos que ler bem devagar...sem pressa de chegar!! O tempo nos reservará o momento mais improvável..
Mas como pedes que espere pelo tempo se o tempo, carinho do meu carinho, é meu inimigo? Quero agora o deleite dos teus versos, saborear a tua alma.
Não...temos que ler ao vivo..ao vivo, inesquecíveis versos de ternura que regam desmedidamente a nossa madrugada vadia...vá dia..e que venham as composições poéticas da aurora boreal que nos consome...espere-me como esperas a luz desta aurora...e me encontrarás sorrindo..pois eu rio..sô rio...sorrio!!
Que seja assim então, farei o que me pedes, serás meu menestrel da madrugada que encantará meus sonhos, caminharei contigo no mundo encantado das fadas onde só nós dois existiremos.
E tu a maestrina do coral que ecoa em meus sonhos reais...
Serei a maestrina dos teus sonhos e tu o menestrel das minhas madrugadas, juntos cavalgaremos no mundo encantado de Morfeu e de lá traremos a porção secreta da realização dos sonhos.
Entraremos no labirinto das emoções...e carma de Dédalo...o íris dos olhos de Ísis...no arcano ou na afasia te serás um dom..o de falar sobre o que nos adorna com a preciosidade da pureza peculiar ao que é raro!!
Que o labirinto das emoções seja para nós tão perfeito quanto o de Dédalo usarei a mágica dos olhos de Ísis para trazer os ventos encantados da natureza e com minhas lagrimas encherei os rios até que percebas que te quero no aconchego do meu colo. A pureza do verso da maestrina te procurará e te encontrará no lugar mais improvável, no momento mais impossível e nesse dia conhecerá a graça da maestrina que regerá as cordas do teu coração.


Nenhum comentário: