sábado, 30 de março de 2013

Conversa em prosa e verso IV


Araciara Macedo e Willian Cardoso



“Vem ao meu encontro meu guerreiro e me encontrarás na nossa cama de lençóis brancos e perfumados de alfazema. Vem ao meu encontro e me encontrarás vestida de pétalas de rosa aguardando a tua posse, vem ao meu encontro e me encontrarás sedenta de ti”;
Estou aqui a sua espera como o vigilante espera a luz da aurora boreal..ou como uma mulher ansiosa espera o seu marido vindo da peleja...
“Desta feita tu virás encontrar-me, venha meu guerreiro, amante, marido, meu homem, segue o cheiro de rosas desabrochadas que exala da minha alma e encontrarás, o nosso leito e nele estarei eu com a minha alma iluminada, um beijo nos lábios e um carinho nas mãos”

Nenhum comentário: