domingo, 15 de setembro de 2013


“E por te amar assim e sempre e tanto é que minha alma te busca no mundo encantado dos sonhos enviando em tua direção o perfume de rosas desabrochadas que dela exala para receber de volta o aroma almiscarado da tua pele. Somos eu e tu, homem e mulher que se buscam, que se encontram e que se amam, mesmo que para isso tenhamos que usar a sutileza de um mundo encantado que só existe para os poetas que sabem amar”.

Nenhum comentário: